Conheça a Lipo HD ou Lipo LAD - Dra. Maria Claudia Giometti

Conheça a Lipo HD ou Lipo LAD

A Lipo HD ou Lipo LAD é uma Lipoaspiração de Alta Definição. Entenda as diferenças desse procedimento que tem feito sucesso na internet e tire todas as suas dúvidas.

A lipoaspiração é o procedimento estético mais procurado pelos pacientes no Brasil. Com o tempo, a cirurgia foi ganhando diversas adaptações para remover as gordurinhas indesejadas de lugares específicos do corpo.

Em 2020, a Lipo LAD, também chamada de Lipo HD, foi uma das técnicas mais procuradas nos consultórios de cirurgia plástica.

Neste artigo, você vai saber mais sobre esse procedimento, entender como ele é feito, para quem é direcionado e os cuidados que devem ser tomados antes da realização. Confira!

O que é Lipo LAD ou Lipo HD?

A lipo LAD é uma Lipoaspiração de Alta Definição e, por isso, também é conhecida como Lipo HD, que significa “High Definition”. Trata-se de uma técnica que se difere da lipoaspiração tradicional.

A Lipo HD é reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Ela tem os mesmos objetivos da lipoaspiração comum: remover a gordura corporal e remodelar o corpo. A diferença entre as duas técnicas se dá pelo fato de que, no novo procedimento cirúrgico, a gordura é esculpida pelo cirurgião. Dessa maneira, é possível realçar os músculos corporais.

É por isso que a Lipo LAD ficou conhecida como a cirurgia que traz a aparência de um abdômen tanquinho. Esse procedimento geralmente é feito em pessoas que já têm pouca gordura na região abdominal, mas que, mesmo com rotinas de exercícios físicos, não conseguem conquistar uma barriga trincada e definida.

A técnica da Lipo HD se originou na Colômbia e chegou ao Brasil em 2016, mas foi em 2020 que ela se tornou mais conhecida e procurada no país pelos pacientes.

Como a Lipo Lad ou Lipo HD é feita?

Após a anestesia, a cirurgia é feita a partir de incisões, tais como as que são feitas na lipoaspiração normal.

Os profissionais geralmente desenham com uma caneta marcadora na pele do paciente o caminho que a cânula irá percorrer para deixar o abdômen marcado, levando ao resultado desejado. Dessa maneira, é possível obter um contorno corporal e uma tonificação muscular mais minuciosa do que na lipoaspiração normal.

Por ser um procedimento que costuma retirar menos volume de gordura, (já que a indicação absoluta é em pacientes atléticos), a Lipo LAD é uma cirurgia mais demorada que a lipoaspiração convencional, durando entre três e seis horas.

Apesar de eficiente, a técnica possui uma ressalva: ela não é indicada para todas as pessoas. A Lipo LAD ou Lipo HD só deve ser feita por aqueles que praticam exercícios físicos regularmente, têm uma alimentação balanceada e um estilo de vida saudável. Nos casos em que isso não ocorre, ela não é recomendável, já que o resultado não será positivo para o paciente, principalmente no longo prazo.

Isso faz com que a técnica receba várias críticas de cirurgiões plásticos do mundo inteiro. Se não houver uma boa indicação, os resultados podem ser catastróficos, já que as “marcações feitas no abdômen” funcionam como cicatrizes internas, ficando muito difícil regularizar as mesmas, caso os pacientes tenham ganho de peso ou a cirurgia não tenha ficado adequada.

Riscos e cuidados na Lipo LAD ou Lipo HD

Todo procedimento cirúrgico deve ser feito por um médico cirurgião plástico especialista e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, contando com consultas pré-operatórias e incluindo exames e avaliações detalhadas sobre a saúde do paciente. Além disso, é imprescindível que a intervenção seja feita em um ambiente hospitalar com suporte médico e anestésico adequado.

No pós-operatório, é muito importante ter uma alimentação e hidratação adequadas, fazendo uso também de malhas compressivas durante cerca de dois meses após a cirurgia. O médico deverá indicar quando é o momento certo para retornar às atividades físicas, mas não é recomendável realizar grandes esforços antes de um mês.

Algumas cirurgias também exigem que os pacientes façam sessões de drenagem linfática para controlar o inchaço pós-operatório, mas isso depende da reação do corpo da pessoa e da avaliação do médico. O uso de tapping e canaletas de definição também é comum no pós-operatório.

Vale lembrar que a Lipo LAD ou Lipo HD não oferece menos riscos que a lipoaspiração convencional. Toda cirurgia plástica é invasiva e deve ser bem pensada e planejada antes de sua realização.

Saiba mais sobre procedimentos cirúrgicos

Quer saber mais sobre cirurgias plásticas e procedimentos estéticos com quem realmente entende do assunto? Então, converse com o seu cirurgião plástico de confiança. Só ele poderá tirar suas dúvidas e te esclarecer sobre os procedimentos.

Gostou desse post? Então, continue acompanhando o blog da Dra. Maria Claudia Giometti, cirurgiã plástica que compartilha informações importantes sobre vários tipos de procedimentos. Para um atendimento personalizado, agende uma consulta em Moema, São Paulo!