Com o outono chegando, você pode se preparar com antecedência para sua cirurgia plástica - Dra. Maria Claudia Giometti

Com o outono chegando, você pode se preparar com antecedência para sua cirurgia plástica

Fazer cirurgia plástica no inverno pode ser uma ótima opção para quem deseja ter menos chances de um pós-operatório desconfortável e, dessa forma, atingir uma recuperação de maneira mais rápida.

Sentir-se bem com o próprio corpo é o desejo de praticamente todas as pessoas na sociedade atual. Para isso, muitos recorrem à cirurgia plástica corporal, fato que torna importante saber qual é o melhor período para encarar o bisturi e ter uma recuperação mais agradável.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), os meses entre junho e agosto – o inverno no Brasil – apresentam um aumento de até 50% na procura por intervenções cirúrgicas. Dentre os procedimentos mais buscados no inverno para cirurgia plástica em SP, estão:

• Rinoplastia;

• Inclusão de próteses mamárias e glúteos;

• Lipoaspiração;

• Blefaroplastia;

• Lifting facial;

• Abdominoplastia.

Vantagens da cirurgia plástica no inverno

Estar com a aparência dos sonhos quando chega a temporada de fim de ano para aproveitar as praias e piscinas sentindo-se bem, é uma coisa muito desejada pela maioria dos brasileiros.

Em grande parte dos casos, a pessoa já está recuperada da cirurgia e ativa em cerca de 30 dias. Porém, há um período de cuidados que demora cerca de seis meses e, só após esse tempo, é aconselhável  tomar sol.

Por isso, escolher operar na época mais fria do ano é a melhor opção para quem busca mudar algo esteticamente em seu corpo antes da chegada da temporada de altas temperaturas.

No verão, em decorrência do calor tropical brasileiro, o corpo tende a reter muito líquido, isso não acontece no inverno, já que o frio permite que nosso corpo administre melhor a questão linfática.

Ou seja, na prática, isso significa que, retendo menos líquido em temperaturas baixas, aquele inchaço comum posterior às cirurgias plásticas, seja na face ou em qualquer outra parte do corpo, será muito menor e a sua recuperação será muito mais confortável.

Além disso, ninguém deseja fazer uma cirurgia e ficar com manchas decorrentes dos hematomas, certo? Pois saiba que esta é mais uma vantagem de se operar no frio. A baixa exposição aos raios solares faz que os roxos que tanto incomodam, não fiquem ali por muito tempo e sumam naturalmente.

Vale lembrar também que o repouso é de extrema importância para uma boa recuperação pós-cirúrgica, e o inverno nos ajuda a ficar deitados e quietos por mais tempo e com mais conforto.

As férias que acontecem nesse período também são uma vantagem para quem deseja realizar uma cirurgia plástica corporal ou facial, já que, por não precisar  levar e buscar os filhos no colégio ou ajudar com o dever de casa, os pais que passam por procedimentos estéticos conseguem dar mais atenção para a sua própria recuperação.

Por que é mais fácil usar os itens de recuperação cirúrgica no inverno?

Após algumas cirurgias plásticas, como a lipoaspiração e a abdominoplastia, se faz necessário o uso de uma cinta elástica durante o período de recuperação.

No inverno, fazer o uso desse item é muito melhor, uma vez que o calor gerado pelo tecido em contato com a pele não se torna um incômodo, como acontece no verão.

Além disso, o uso de várias camadas de roupa e a modelagem mais larga usada no frio fazem com que seja mais fácil esconder os curativos, os possíveis hematomas e os itens de recuperação, como os drenos, as cintas e os sutiãs no período pós-cirúrgico.

O uso da cinta é de extrema importância e traz diversos benefícios ao paciente, ajudando-o a atingir o resultado esperado de forma mais rápida e concreta. Dentre os benefícios é possível citar:

• Ajuda a diminuir o inchaço, pois evita que líquidos se acumulem abaixo da pele;

• Facilita a fixação da pele, pois evita que haja muito movimento na região operada;

• Modela a área recém-operada favorecendo o resultado pós-cirúrgico.

Outro ponto é que, com a redução do inchaço proporcionada pelo frio, as cintas elásticas não ficam apertando e incomodando o paciente da maneira como fariam no verão. Quer saber mais? Entre em contato e agende uma consulta com a cirurgiã plástica Dra. Maria Cláudia Giometti!