Cresce em 140% as cirurgias plásticas em adolescentes no país

Cresce em 140% as cirurgias plásticas em adolescentes no país

Nos últimos 10 anos, a realização de cirurgias plásticas em adolescentes cresceu 140% no Brasil, segundo dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Mais de 83 mil cirurgias plásticas em adolescentes foram feitas em 2018 no país, segundo a entidade.

Vários motivos levam os menores de idade, acompanhados dos pais, a procurarem pela cirurgiã plástica Dra. Maria Cláudia Giometti. Em geral, os adolescentes querem corrigir algumas imperfeições que incomodam, como orelhas ou nariz salientes, ou mesmo realizar o implante de silicone.

As cirurgias plásticas em adolescentes costumam ser mais comuns em épocas de férias escolares, principalmente em julho, pois o clima mais frio torna o pós-operatório menos desconfortável e os pacientes tendem a se expor pouco ao sol.

Recentemente, publicamos uma matéria que revelou um aumento pela procura por procedimentos estéticos pelo público em geral, já que durante a pandemia e o isolamento social, ficou mais prático adotar uma rotina repleta de restrições durante a recuperação após cirurgias plásticas em adolescentes ou em maiores de idade.

Cirurgias plásticas em adolescentes para correção do nariz

A cirurgia plástica em adolescentes para correção do formato, tamanho e proporção do nariz é uma das mais realizadas pela Dra. Maria Cláudia Giometti.

Em geral, os adolescentes se queixam da própria aparência em fotos nas redes sociais, principalmente em ângulo de perfil. Em alguns casos, o formato do nariz ainda rende apelidos nada agradáveis na escola e dificulta a respiração.

A rinoplastia é a cirurgia plástica em adolescentes mais realizada no Brasil entre este público, já que essa característica facial pode incomodar bastante os pacientes. Atualmente, esses pacientes buscam a cirurgia de nariz e vêm ao consultório com imagens prontas de seu possível pós-operatório, usando o suporte de diversas tecnologias, como softwares e tecnologia 3D.

Saiba mais sobre a cirurgia plástica em adolescentes para correção do nariz:

É importante salientar que algumas características de estruturas faciais tendem a modificar com o tempo. Em geral, a face das mulheres não muda muito após a adolescência, diferentemente dos homens, que apresentam um rosto mais alargado na vida adulta.

Cirurgia plástica em adolescentes para correção das orelhas de abano

O segundo tipo de cirurgia plástica em adolescentes mais procurado pelos brasileiros é a otoplastia, procedimento feito pela cirurgiã plástica para correção do formato das orelhas.

Por causa dos apelidos e bullying na escola, a correção da “orelha de abano” pode ser feita com cirurgia plástica em pacientes a partir dos 5-7 anos de idade.

A otoplastia, ou cirurgia de orelha, pode ser indicada para orelhas muito salientes, que causam insatisfação ao próprio paciente em relação ao formato das orelhas, bem como sua proporção com o tamanho da face.

Aos 3 anos de idade, a orelha já tem 85% do tamanho da vida adulta, aos 7 anos, em média, já atingiu sua largura completa e, aos 13 anos, o seu tamanho final.

Operar o quanto antes é diminuir sofrimento

As orelhas não tendem a melhorar, ao contrário, na velhice, as cartilagens tendem a crescer novamente.

Cirurgia plástica em adolescentes para prótese de silicone

Uma das principais dúvidas das pacientes adolescentes da Dra. Maria Cláudia Giometti é se meninas com menos de 18 anos podem colocar prótese de silicone. A recomendação é que elas esperem o tamanho final das mamas ser atingido para realizar o procedimento, uma vez que, com as mamas estando devidamente formadas, será possível saber exatamente o que precisa ser colocado para atingir o tamanho ideal.

Mesmo assim, é importante dizer que todos os casos de cirurgias plásticas em adolescentes são analisados pessoalmente pela médica, que leva em consideração as condições e o histórico do paciente, antes de recomendar ou não a realização do procedimento. Por isso, é essencial marcar uma consulta com um especialista em cirurgia plástica.